sexta-feira, 6 de julho de 2012

Petistas com Freixo publicam Manifesto


Um grupo de militantes do PT do Rio de Janeiro, formado apenas para atuar nas atuais eleições municipais e que se autointitula “Movimento Petistas com Freixo”, divulgou hoje um manifesto através do qual, além de explicitar e justificar as razões do apoio ao candidato do PSOL, formula uma crítica aguda e, na minha opinião, quase sempre correta, ao comportamento recente do PT no governo e, sobretudo, nestas eleições, sem deixar de reconhecer-lhe as conquistas e méritos.

Mesmo os que eventualmente discordem da posição defendida pelos signatários do manifesto poderiam tirar proveito dessa análise que, malgrado curta, certamente se situa entre as melhores recentemente publicadas a enfocar, com ênfase na questão eleitoral, os impasses do PT e os rumos da esquerda no país.

Infelizmente, as reações iniciais de petistas e simpatizantes à nota evidenciam uma intolerância e uma recusa ao diálogo que é lamentável, mas de modo algum surpreendente.

Segue abaixo, na íntegra, o manifesto, originalmente publicado no blog do movimento e que descobri através do Twitter, por indicação de @Pagu_Vitoria.

Eis o manifesto:


POR UMA CIDADE PARA OS CIDADÃOS

Somos Petistas com Freixo, porque não concordamos em apoiar uma aliança em torno da reeleição do atual Prefeito da Cidade do Rio de Janeiro, decisão tomada pelo nosso partido, de forma autoritária e pouco transparente, sem consulta às bases do partido e sem amplo processo de debate interno. Somos sim, favoráveis a alianças que sejam construídas em torno de programas políticos, de projetos e de princípios, e não sejam fruto de negociatas fisiológicas e oportunistas que descaracterizam a história do nosso PT, um partido comprometido com as lutas sociais do nosso povo. Sim, somos petistas de corpo e alma, de militância histórica e tradição, alguns filiados, e outros apenas militantes e simpatizantes, e ousamos dizer não ao excesso de pragmatismo, não às conversas com Gilmar Mendes e aos abraços a Paulo Maluf, não ao vale tudo do Mensalão e dos Aloprados, não às conversas e negociatas com os Cachoeiras da vida, não à submissão à gestão antidemocrática que ora acontece em nossa Cidade. Somos petistas que acreditam que a política pode ser feita de forma diferente, com ética e com generosidade, com firmeza de princípios e com respeito à diversidade. Com a política no posto de comando, para transformar e mudar para melhor. Somos petistas que reconhecem e apoiam os avanços históricos conquistados nos Governos Lula e Dilma, que ajudamos a construir: o combate e diminuição da miséria, a distribuição de renda, a geração de empregos, as políticas sociais inclusivas; sem que isso nos faça perder nossa capacidade de criticar e de nos indignar frente aos mal-feitos.

Somos Petistas com Freixo, porque não concordamos com a privatização da saúde do Rio através das OS, gestão avaliada pelo Ministério da Saúde como a pior de todas as capitais. Não concordamos com a precarização da educação baseada em profissionais mal remunerados e onde malabarismos estatísticos procuram mostrar como positivos os resultados de uma gestão autoritária, que vai na contramão dos princípios freirianos de uma educação como prática da liberdade. Não concordamos com uma lógica de megaeventos, cujos grandes investimentos prevalecem sobre as reais e urgentes necessidades da maioria de nossa população, nem com a política de arrocho do funcionalismo público municipal. Não concordamos com uma cidade que continua partida e ferida, sem planejamento urbano e sem plano diretor amplamente discutido, na qual predomina a lógica da especulação imobiliária, o desrespeito ao meio ambiente, o trânsito caótico dominado pelos interesses da máfia dos ônibus, realidades essas que são maquiadas por gastos em publicidade e propaganda.

Somos Petistas com Freixo, porque queremos uma Cidade para os cidadãos, uma cidade de direitos, uma cidade de inclusão. Queremos uma Cidade em que as grandes decisões sejam tomadas com a participação de cidadãos e cidadãs bem informados. Queremos que haja transparência na gestão pública, com a implantação do Orçamento Participativo, marca histórica da administração municipal petista. Queremos que os Conselhos Municipais sejam de fato implementados e funcionem, e as Audiências Públicas para ouvir os cidadãos sobre os temas mais polêmicos não sejam meras formalidades. Queremos que o debate e o interesse público se imponham sobre os interesses privados e corporativos. Queremos uma Cidade mais justa, mais fraterna, uma Cidade construída com os cidadãos e para os cidadãos, uma Cidade de Direitos.

Somos Petistas com Freixo, porque acreditamos que Marcelo Freixo é o candidato da esperança e da mudança. Ele é o candidato de todos aqueles que querem mudar o Rio para melhor. Sua campanha toca profundamente os corações e mentes de homens e mulheres da nossa Cidade. É por essa razão que ele aglutina em torno de sua campanha lideranças políticas e sociais representativas, artistas e acadêmicos, juventude e profissionais liberais, militantes e ativistas dos mais diversos movimentos e segmentos sociais, além de dissidentes de vários partidos políticos que, como nós, vislumbram em Freixo as características pessoais que o credenciam para esta disputa: honestidade, coerência, firmeza e generosidade. Marcelo Freixo transcende os limites do PSOL, ele é o candidato da Cidade, dos Direitos Humanos, da Cidadania. A população do Rio vai provar que é possível vencer o poder do Capital e de uma coligação de 18 partidos, com ideias claras, garra, criatividade, esperança e vontade de mudar.

Somos Petistas com Freixo, e ousamos desafiar os atuais ‘donos’ do nosso partido em nossa Cidade, que nos ameaçam de expulsão como forma clara de intimidação. Não temos medo! Muitos de nós lutaram contra a ditadura e o autoritarismo, e ajudaram a resgatar a democracia em nosso país. Durante muitos anos, nos movimentos sociais e nas lutas do nosso povo, mas também na construção do nosso partido, e na gestão pública de Governos Municipais, Estaduais e Federal (de Lula e Dilma) demos nossa energia e nosso coração a um projeto no qual sempre acreditamos, e que alguns insistem em tentar destruir. Não nos intimidarão. O PT também é nosso! Ele é o patrimônio de mais de um milhão de filiados e muitos outros milhões de simpatizantes e eleitores. Um patrimônio da sociedade brasileira, que não pertence a este ou aquele dirigente, a esta ou aquela corrente interna. Aderimos à candidatura de Marcelo Freixo num ato de lucidez, sinceridade, esperança, desprendimento e ousadia. Estamos na luta, dentro e fora do PT, por amor à nossa bela cidade, por uma sociedade mais fraterna, mais inclusiva, mais democrática, mais justa!

UM RIO PARA OS CARIOCAS ! UM RIO PARA AS PESSOAS !
POR UMA CIDADE DE DIREITOS ! CIDADE, COLETIVO DE CIDADÃOS!

Um comentário:

RLocatelli Digital disse...

Embora não concorde com certos pontos do documento, gostei do texto. O PT do Rio é apenas um departamento do PMDB. Se isso mudasse, seria muito bom.